a ver vamos até quando isto dura.

02:04

sabem quando nada faz sentido?
não não, juro que não vou fazer um texto lamechas, ou pelo menos não o pretendo fazer, mas estão a ver aquele momento em que vocês reparam que nada que vocês fazem - e que até então sempre o faziam - vos dá prazer?

eu gosto de acordar tarde, ver email ainda deitada na cama e pesquisar as noticias do dia.
eu gosto de comer sem horários.
eu gosto de sair e fazer as minhas caminhadas quando bem me apetecer, e se por algum motivo naquele dia não senti que devo ir lá fora, não ia.
eu gosto de chegar a casa e lanchar.
eu gosto de ver televisão enquanto lanchava.
eu gosto de ler.
eu gosto de ouvir música daquele artista ou daquela banda.
eu gosto de tomar banho - novamente sem horário e muitas vezes às 4 da manhã.
eu gosto de me deitar, olhar lá para fora e ver que o dia está quase a nascer.

eu gostava.


com nova rotina tudo isto perde valor. não ganhou, não tenho saudades, mas perdeu. perdeu num sentido em que já não me apetece fazer nada disto. nada do que descrevi ali em cima e que me completou durante este ano de desempregada, preenche-me como antes me preenchia.
pior do que isto: nem a nova rotina tem valor. tudo parece sem cor, sem sabor, sem cheiro,...nada que me entusiasme. por isso sento-me à frente do computador à espera que x ou y falem comigo, para ver se me animo com a vida deles, já que a minha morreu, mas parece que não têm tempo para mim.
minha apatia perante a vida deve estar a notar-se e afastaram-se para que isto 'não se pegue'. e nem isto irrita-me como antes me irritaa. se não querem falar, não falem. a sério... não falem que eu também não falo.


vazia de sentimento. sem emoção. é como eu me sinto.
a ver vamos até quando isto dura.






edit: não revi o texto por isso deve ter erros ortográficos, pontuação e tudo mais. a ver se amanhã trato disso. vou tentar dormir. hasta!

Sabiam que a Mania da Cisma já está no Facebook? 
Faz like e acompanha todas as novidades por lá:

You Might Also Like

4 Comments

  1. Sigo o teu blog há algum tempo..mas nunca comentei, mas por algum motivo hoje senti mesmo que tinha que dizer algo.. encontrei o teu blog porque me identifiquei com praticamente tudo o que vais escrevendo e mais uma vez isso isso aconteceu, com este post. Durante 6 meses..a minha vida foi..eu nem dei por ela, era tudo igual, não sentia prazer em nada do que fazia, acordava sem vontade de me levantar... felizmente passou..e agora sinto me bem melhor. Eu sei que o meu comentário não ajuda em nada..mas força a serio, eu encontrei conforto em pequenas coisas, espero que tb encontres algo que de animo e pica!! :) gosto mt do teu blog.

    ResponderEliminar
  2. Tenta mudar pequenos detalhes, dá atenção a pequenas coisas, seja o que for... Vais ver que as coisas vão melhorar

    ResponderEliminar
  3. :( Eu já vivi muito tempo assim, me sentia morta por dentro e tanto faz se alguém queria ou não estar ao meu lado, mas isso é só a nossa mente tentando nos enganar. Encontre a força dentro si mesma, não importa quanto tempo leve, não desista. E se agora você precisa permanecer nesse estado, não tem problema, não se culpe, vai ver é disso que seu corpo/mente precisa. Força, amo seu blog!

    http://www.gotinhasdeesperanca.com

    ResponderEliminar
  4. Percebo perfeitamente como te sentes, estou desempregada desde julho de 2013, mas tento ocupar o meu tempo com atividades que consigo pagar ou fazer gratuitamente, e há tanto com o que podemos ocupar o tempo livre. Eu vou ao ginásio, faço formações do IEFP, dou explicações, leio, vejo séries/filmes, faço pesquisas de procura de emprego, pesquisas sem jeito nenhum, sobre tudo e sobre nada, e assim os meus dias não são tão cinzentos.
    Tenta arranjar atividades que te façam sentir bem, e tenta criar uma rotina com horários mais "normais", pois assim mais facilmente vais sentir que a tua vida faz sentido.
    Não desistas de ti! Força*

    ResponderEliminar