Update da Cisma #9 - Facebook / Consultas

17:48

Antes de mais, queria dizer que é com enorme orgulho que a Cisma aderiu ao Facebook! (Sinto-me uma vendida, é normal?)

Na barra lateral têm a caixa para meterem Like/Gosto, que ainda está pobrezinha que doí - só com um like, o meu like.

(clica na foto para ver imagem no tamanho real)


Como os seguidores aqui ainda são poucos, não espero que fique já com 200 ou mais, mas vão metendo likes e partilhando com amigos e familiares que sofrem de ataques de pânico, ansiedade, hipocondría ou que, pura e simplesmente, se possam interessar pelos meus posts.

Ah e no facebook partilharei apenas lembretes de novos posts (não sei se acontece convosco mas a dashboard do blogger, onde mostra quem actualizou blog, é alta «xaxada» e como tal presto mais atenção ao facebook que ali), para falar convosco e para, ocasionalmente partilhar alguns posts pequenos que não aparecem aqui no blog.
Concluindo, a partir de hoje terão no final de cada post o código todo lindo para relembrar da minha presença celestial pela rede social, pode ser? ;)
Relembro também que podem contactar-me por email (maniadacisma@gmail.com) e agora pelo Facebook.


Passando ao Update propriamente dito:

No post anterior falei sobre Hipocondria porque estava a passar por episódio lindo do género, e aproveitando o meu desespero, passei para o blog o que se passa na mente de um doente em pleno momento de «C*R*LHO VOU MORRER».
Fui irónica sim, mas só sendo irónica para me ajudar nestes momentos. Basicamente, estava com um caroço nas axilas e outro por baixo do queixo. Sim, caroço ou nódulo, como quiserem. Acordei com eles no Sábado passado e pronto, imaginem lá a minha aflição. Como um tio meu morreu de cancro há vários anos atrás, e como um dos sintomas que o levou ao Hospital foi a descoberta de nódulos nas axilas, atrofiei logo. 

Felizmente desapareceu em 3/4 dias e não restou nada para contar história. Mas até desaparecer, foi um toca-que-toca desenfreado na axila e queixo, à procura do nódulo para ver se ele tinha crescido ou não, se doía ou não, se estava vermelho ou não.
Apesar de todo o medo, meti logo no primeiro dia, o prazo de uma semana. Ou seja, se não desaparecessem em uma semana, ia contar aos pais o que se passava e pedia para acompanharem-me até ao Hospital. E só não respeitaria essa regra se doesse cada vez mais ou crescesse.
Sim senhores, porque posso ser hipocondríaca mas não sou irresponsável - se tiver que ser, que remédio tenho eu senão ir, pelo meio de ataques de pânico, desmaios, vómitos e tudo mais derivado ao nervosismo, até ao Hospital mais próximo para saber o que tenho.



Entretanto, tive uma consulta na Psicóloga e ela disse que naquele preciso momento estava com um no pescoço, mas que é muito comum, que sempre teve nódulos no pescoço, porque trata-se do sistema linfático a combater alguma infecção e tal. E ainda disse que fiz bem em vigiar, porque sendo ou não um simples nódulo ou quisto sebáceo (ah já falo desses lindos), devemos estar atentos e ver se cresce, se doí, se a pele está vermelha, e tudo mais. 

Ainda nessa consulta tive a notícia super positiva de que a fase em que estávamos de tratamento está a terminar. VIVA À CISMA! 
Não quer com isto dizer que vou sair do psicólogo, até porque acho importante ter algumas consultas de vez em quando até aprender definitivamente a ter controlo dos meus medos e tudo mais. O que se passou foi que aquelas memórias que me deixavam desconfortável ou que reavivavam algum sentimento associado a ataques de pânico, deixaram de ter importância. Falou-se tanto nessas memórias que elas deixaram de carregar todo o drama que tinham antes.



E antes de concluir, deixem-me só partilhar experiência com o dito quisto:
Fala-se em quisto e pensamos logo em cancro, não é? Uma das doenças mais perigosas do mundo, que mais mata e tudo mais. Já para não falar na incerteza vivida durante todo o tratamento que pode, ou não, correr bem.
Enfim, o quisto sebáceo já é outra coisa completamente diferente. É um nódulo sim, assusta sim, mas... bem, basicamente é uma pequena bolsa de...NADA! É uma bolsa de conteúdos oleosos (sim leram bem). Pode ser também folículos capilares inchados e tal, mas não é nada! Não faz mal, não se desenvolve. Apenas existe ... porque sim. Deve ser a forma que o nosso corpo encontrou para nos assustar e fazer pensar: «eh pá, se calhar começava a ir ao ginásio e a comer melhor». Só pode. É que só em casos raros que incham e tal, podem ser de tal forma incomodativos que então vai-se ao médico fazer uma mini-cirurgia para retirar-lo. Mas de resto eles até podem ou não desaparecer sozinhos e nada fazem senão pregar-nos um susto. É tipo aquela cena da Boo no Monstros e Companhia: a miúda não faz mal a uma mosca, só assusta hahahah!



Já me apareceram duas vezes: no ombro e no queixo. Não doem, não fazem nada desta vida, só aparecem para nos dar sustos. Andei dias stressada até o dito desaparecer. Quer dizer, mentira. No ombro, como foi a segunda vez, já estava mais descansada e como era um sitio que não passava as mãos, sem nada lá tocava que me fizesse relembrar da sua existência, só me lembrei dele quando já tinha desaparecido hahah! 

E é tudo por hoje. Agora vou ficar por aqui com as dores dos dentes do siso, e atrofiar com a possível mini-cirurgia para os retirar. FUI!




Mania da Cisma já está no Facebook:

You Might Also Like

32 Comments

  1. Se me aparecesse algum caroço eu ficaria sem dúvida assustada, por isso não acho que seja nada do outro mundo que tenhas ficado também xp Fico supersupersuper feliz que a fase de tratamento esteja a acabar! "Viva à Cisma" :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é para atrofiar mesmo! heheheh mas felizmente não foi nada! :D
      Viva eu! hahahah
      Beijinho

      Eliminar
  2. Eu tenho um caroço no pescoço também. Fui hoje ao médico. Tive imenso tempo nas urgências para me dizerem que tenho de pedir uma ecografia ao médico de família. Já tive também um nas axilas mas esse desapareceu. O do pescoço apareceu muito grande e depois o médico disse para tomar brufen até desaparecer e foi o que aconteceu. Mas passado dois dias voltou ao aparecer mas depois voltou a ficar mais pequeno e não doía. Ontem, apareceu outrrrraaaa veeeez e dói. Resta-me a eco para saber se também estou a morrer :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e já estás há quanto tempo com isso?
      de certeza que é algo minimo provocado por stress ou no máximo um quisto sebácio ;)
      Força!! E já sabes que qualquer coisa, manda email ;) beijinho

      Eliminar
  3. R: Eu vejo um pouco mal ao longe também por causa do cansaço :D

    ResponderEliminar
  4. Eu também ficava super assustada se me aparecesse um caroço e ia logo a correr para o médico. Sou um pouco hipocondríaca, admito!
    Vou-te seguir no Facebook :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não fui a correr porque já tinha tido os tais quistos sebáceos, por isso espero sempre uma semanita. se não desaparecesse ou aumentassem de tamanho, aí sim, ia a correr :/

      Também já te vou seguir no fb ;) Obrigada!

      Eliminar
  5. Também já me apareceu um e claro que fiquei assustada...felizmente era um nódulo de gordura...
    Convem é ter a coisa controlada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é os tais sebáceos heheheh felizmente não era nada!
      controlada, sempre!

      Eliminar
  6. O problema é que ando sem tempo (praxes e assim).. Mas vai tudo correr bem, obrigada :))

    ResponderEliminar
  7. A forma como lindas com o facto de seres hipocondríaca é genial! Não que o assunto tenha piada (não me interpretes mal), mas consegues mostrar-nos um lado que não é tão assustador. É espantoso conseguires brincar assim, com os teus medos! Continua assim rapariga :) (e para que saibas eu já pus um gosto na tua página de fb, por isso já cresceu mais um pouco!!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é assustador porque nem escrevi o que realmente vai na cabeça e a forma obsessiva com que pensamos naquilo, mas entendi bem o que querias dizer ;p tem de haver um pouco de humor senão já não andava por aqui...
      E obrigada querida pelo comentário, pelas palavras e pelo like ;D
      Beijinho

      Eliminar
  8. Primeiro bem-vinda ao facebook!!! Ainda bem que não era nada esse quisto, mas imagino que deva ter te assustado bastante (eu ficaria bastante cismada também). Eu tive um cisto só que no ovário esquerdo e tive de tirá-lo... A palavra cisto já assusta bastante, mesmo que sejam cistos de "nada"... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. esses do «nada» nem deviam existir hahah
      mas olha, ainda bem que estás bem quanto a esse que tiveste de retirar! saúde acima de tudo!!

      Beijinho

      Eliminar
  9. Opá adoro os gifs xD

    R: É uma boa oportunidade para voltares ao desenho querida, espero poder contar com a tua participação! :D

    *Beijinhos*
    Caty<3
    http://myfairytale4.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh já andei aqui a ver uns desenhos antigos para ver se me inspirava xD

      Eliminar
  10. Mas não deves ter ganho para o susto relativamente aos nódulos. Eu tenho uns micro quistos e quando os senti assustei-me porque sentia-os enormes e não tinha de ter aquilo e, fui logo ao médico!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e fizeste muito bem em ir logo :D
      espero que esteja tudo bem contigo!
      Beijinho

      Eliminar
  11. Já te segui no FB! :)
    Também já me apareceram desses nódulos e também paniquei um bocadinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada!
      É para panicar mesmo :( há que estar sempre atento

      Eliminar
  12. R: Quanto ao dente do ciso, tive duas experiências bastante diferentes: uma que nem dei conta que tirei o dente, tanto na cirurgia como nos dias seguintes em que tinha os pontos, e esta mais recente que já não passou despercebida e me fez passar fome durante uma semana xD mas no geral não me posso queixar muito, porque tirando a fome, não tive grandes dores e assim, foi pacífico :p por isso não te assustes!
    E obrigada pela sugestão hoje, vou investigar então :) beijinho *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahahaha mesmo assim tenho medo que me calhe algo parecido com a tua pior experiência ahahah mas obrigada ;p

      Eliminar
  13. olá ^^

    R: aww obrigada *-*


    *Beijinhos*
    Caty<3
    http://myfairytale4.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Nossa, que situação tensa, mas que bom que você tá se recuperando!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderEliminar
  15. tenho um quisto na tiróide mas não me preocupo muito com ele, mas claro que o vigio! faço análises ao sangue duas vezes por ano e ainda uma ecografia todos os anos!
    r: obrigada querida, mas acho que me entendeste mal :s o meu pai não tem nenhum problema com o álcool. ele, simplesmente, bebeu um bocadinho a mais naquele dia, como acontece a tantas outras pessoas! ele apenas escolheu o dia errado e devia ter pensado melhor, porque não sabíamos se eu conseguia ajudar a minha mãe sozinha! eu nunca o tinha visto assim, sequer, deu-lhe para isto ontem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. controla bem isso, é o melhor que podes fazer ;)
      quanto ao mal entendido, ja te respondi no blog, mas mais uma vez, desculpa pela confusão ;p beijinho

      Eliminar
  16. Eu ainda não criei facebook do blogue, ando a ficar para trás.

    ResponderEliminar