Update da Cisma #8 - Futuro, onde estás?

21:01

Quando fui para Viseu, inscrever-me no curso de Inglês, para conseguir o diploma CAE de Cambridge fui porque a) não tinha nada que fazer; b) estava desanimada com o facto de não conseguir emprego depois da licenciatura; c) mas depois vi como uma oportunidade de sair de uma vila, ir para a cidade, procurar e encontrar emprego e ao mesmo tempo melhorar Inglês e ter esse diploma no currículo para depois; 1) conseguir emprego na minha área ou 2) sair do país.
Como I) ainda não conseguir emprego apesar dos «mil e um» currículos enviados e 3 entrevistas de emprego, e como II) o curso de Inglês está a terminar (este mês ou, caso reprove agora, em Junho) - vejo-me perante as seguintes opções:


- Quando passar no exame e conseguir diploma de CAE:

  - Ir fazer Mestrado (do qual não faço ideia do que vai ser - e os prazos para inscrição estão quase a começar);
   - Ir para o estrangeiro.

O que não pode acontecer é eu ter de voltar para a vila porque os meus pais não me querem levar para Viseu sabendo que não estou lá a fazer nada! Por isso, vou fazer um Mestrado só para não voltar para uma vida aborrecida na vila e desempregada ou tento a minha sorte fora do país? É que depois, seja qual for a minha escolha destas duas opções, há ainda um outro problema: DINHEIRO.
Não tenho dinheiro para pagar estudos e não tenho dinheiro para sair do país (Londres seria o destino).
Pensava que por esta altura já devia ter emprego, mas como tudo na vida, nada sai como planeado.

Por isso a minha psicóloga pediu-me para fazer lista de prós e contras para cada um destes cenários.
Preciso encontrar solução antes que termine o curso de Inglês e antes que terminem os prazos de inscrição no Mestrado.



E é este o país onde vivemos: onde se decide áreas demasiado cedo (falo do que passamos quando vamos do 9º para o 10º ano de escolaridade) que, quando erradas ou não são decisões bem pensadas, deixam-nos nesta encruzilhada. Onde não temos qualquer prespectiva de futuro quando se termina licenciatura e onde o próprio Primeiro Ministro diz para emigrarmos. Onde por mais anúncios de emprego respondidos, 90% deles resulta em nada dos 10% que restam, vamos a entrevistas, gastamos dinheiro e nem uma resposta recebemos, mesmo sendo um «não». Vivemos da espera, do desespero e do sentimento de inutilidade. E quando ainda há ideias de se inovar e construir negócio próprio - os apoios são zero ou nenhum.
Viva a um país cheios de Licenciados de coisa alguma, de Mestrados do nada e de Doutoramentos cheios de inanidade.

Banksy - No Future
Vou ali ver Criminal Minds para ver se me animo (como quem diz: vou ali esquecer a vida por uns 40 minutos), sim?

You Might Also Like

48 Comments

  1. Como te compreendo... Felizmente consegui encontrar algo na minha área de estudos mas antes disso as entrevistas foram algumas e as respostas 0... É frustrante. No teu lugar eu talvez arriscasse no Mestrado. O maior problema reside ainda no facto de não teres dinheiro para pagar os estudos... Se tivesses a certeza que conseguirias arranjar trabalho no estrangeiro o melhor era ires, sem olhares para trás. Mas bom, verdade seja dita, hoje em dia todos os passos são um risco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. exactamente, é tudo um risco hoje em dia e longe vão os tempos em que ao tirares x curso ia-te garantir y emprego :/
      e mesmo a viagem, seria naquela de ir para lá e tentar encontrar algo como muitos fazem. se fosse de cá para lá com emprego, melhor ainda. mas duvido que tal aconteça :/

      Eliminar
  2. E porque não ir para o estrangeiro fazer um diploma? Há paises onde dão bolsas a europeus. E há estágios fabulosos internacionais e remunerados...

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente! Cada vez estamos pior :/
    Eu ando à procura de trabalho e sei o quanto está difícil, contam-se pelos dedos as entrevistas a que tenho ido :/
    Espero que tenhas tido um dia da Mulher fantástico! :)

    xoxo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois conta-se conta-se :/ é triste pá!
      espero que também tenhas tido um optimo dia :)

      Eliminar
  4. Um beijinho enorme e muita força. Não desistas de ti-

    ResponderEliminar
  5. Não entendo muito desses fatos de emprego pelo fato de eu ainda ser adolescente (aka ter 11 anos), mas deve ser bem difícil e agoniante, não? Mas boa sorte, e não desistas de ti!
    Beijos || Unlocked Land ❤

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é realmente agonizante! e parece que ainda vai longe , mas logo logo estás a terminar uma licenciatura e não desejo nem a ti nem a ninguém que te encontres nesta mesma situação!

      Eliminar
  6. Identifico-me muito com este post. Estou quase a terminar a minha licenciatura e sinto-me numa encruzilhada sobre o que fazer no futuro. Tenho receio do estado deste país...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tá mesmo dificil :/ mas com calma isto vai ao sitio. vai vendo já contactos para emprego e tudo mais...organiza-te antes de terminar ainda a licenciatura e vê já os prazos para mestrados. há uns que começam e terminam mais cedo que outros, tudo depende da universidade...

      Eliminar
  7. Viva Portugal.
    Quanto ao curso de inglês, quanto pagas por mês? E de quanto tempo é? Pode fazer-se no Verão? Também gostava de o fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. por mês acho que são 90 euros e depende de quando te inscreves. há exames para CAE em Março e Julho, por isso depende mesmo quando inscreveres, não há meses fixos de curso, vais quando quiseres ;)
      podes sim ;) força. qualquer coisa, mais info, manda-me mensagem pelo formulário!

      Eliminar
  8. R.: Concordo contigo :) mas sabes, estou sozinha há tanto tempo que, volta e meia, sinto falta de não ter alguém :c

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. entendo perfeitamente :/ mas sai e diverte-te! nunca se sabe quando podes conhecer alguém heheh só não fiques é fixada a pensar nisso ;)

      Eliminar
    2. Obrigada pelas tuas palavras :) sim, saio muito e divirto-me, e sou feliz comigo própria :D

      Eliminar
    3. ah asism sim :D força nisso então!!

      Eliminar
  9. eu não vejo Dr Who :x
    É triste ver tanta gente que investe em estudos superiores hoje em dia... em vão. Eu só tenho o 12º ano e tive mais empregos que a minha melhor amiga, que está desempregada :(
    Conheces alguém fora? Eu, apesar de ter trabalho, gostaria de ir para fora com o intuito de "arejar". Morar na mesma cidade há anos é sufocante, principalmente quando não se gosta do sítio... Se tivesse de emigrar, escolheria Edimburgo ou Dublin. Londres é demasiado caro e demasiado populoso :/ Porém, no estrangeiro exigem sempre mais estudos, o que não abona a meu favor. Ah e a cena dos contactos é outra... Além disso, é sempre mais arriscado quando não temos apoio financeiro dos nossos pais. Porque muita gente que eu vejo sair do país, tem uma "mesada" dos pais... estou a generalizar mas pronto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também não é assim. conheço gente sem licenciatura que foi lá para fora e que a atender às mesas num restaurante, vive muito melhor do que aqui em Portugal. Além disso lá tens sempre uma perspectiva mais positiva , ou seja, podes subir na carreira. É outro mundo!
      Isso de Edimburgo ou Dublin também não me importava, apenas insisti com Londres pq conheço lá gente e já lá fui neste Verão.
      Quanto ao que disseste de ter 12º e teres mais emprego do que a tua amiga,...super normal. Preferem pessoal com menos qualificação para não pagar tanto como devem pagar a alguém que foi aprofundar conhecimentos pela área, entendes? Por isso que muita gente licenciada chega a ter dois curriculos: um com e o outro sem a licenciatura!

      e ide ver Doctor Who! ;P

      Eliminar
  10. Já não estás a viver em Viseu, querida?
    Olha, se não sabes o que gostavas de fazer em mestrado então se calhar não é a melhor opção. Ir para Londres é complicado se não tiveres algum dinheiro de parte porque para arrendar casa lá é carinho mas, há sempre bloggers que estão lá a viver e que se falares com elas pode ser que elas te elucidem um pouco melhor :) Também sei que em Vauxhall, uma zona em Londres cheia de portugueses, que ajuda bastante novos portugueses a começarem uma vida lá :)
    Tens de pensar e procurar outras opções mas não desanimes! Força*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda tou tou, mas como o curso está a acabar e não consegui arranjar emprego, acho que os meus pais vão tirar-me de lá :/ entendes?
      Não sabia o nome da zona mas sabia que ela existia, obrigada!
      Quanto a outras opções, que opções me restam? Ou pede-se ajuda financeira para mestrado ou para emigrar. Parada é que não posso ficar! :/
      Beijinho querida!

      Eliminar
    2. Para fazer mestrado podes sempre pedir bolsa :) É como se fosse uma bolsa de estudos para licenciatura mas, neste caso, será para mestrado :)
      Não sei se em Londres funciona assim para mestrados mas tu podes pedir bolsa e depois eles pagam-te as coisas e tu só começas a pagar ao estado a partir do momento em que comeces a ganhar 31 mil libras por ano ou lá o que é.Ou seja, todos os meses o estado retira do teu ordenado X que corresponde à prestação mensal que deves por causa da bolsa :) Vê este site, pode ser que te ajude. Foi por ele que fiz as minhas candidaturas e é por ele que tem de se fazer mesmo: http://www.ucas.com/

      Eliminar
    3. AI tenho de ver isto então urgentemente! Obrigada!! :D

      Eliminar
    4. De nada! No que eu poder ajudar, estarei sempre aqui. Já sabes que podes contar comigo querida *.* A ver se marcamos um café, se quiseres, é claro :)

      Eliminar
    5. Oh claro que sim! Logo combinamos isso :D Beijinho!

      Eliminar
  11. olha eu já me arrependi umas quantas vezes de não sair do país, não fosse a minha cadela e eu já tinha ido há algum tempo... a cadela, sim... vida triste...
    mas há outras alturas em que gosto tanto de viver aqui, e sim, com dinheiro era tudo muito, mas muito mais fácil... se tens hipótese vai para o estrangeiro.
    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai sem a cadela, deixa por uns tempos com alguém de confiança e depois é só pedir transporte para ela ;) há desses serviços no aeroporto!
      Sim, de vez em quando dá um orgulhozinho viver aqui, mas 90% das vezes ando desanimada e com vontade de mudar de cenário :/
      enfim, obrigada pelo comentário querida! Beijinho

      Eliminar
    2. já pensei nisso mas não a conseguia deixar aqui e ir sem ela para outro sitio... sou muito pegada à bicha... beijinhos

      Eliminar
  12. Estamos-te a seguir, se quiseres passa pelo nosso blog e se gostares segue-nos também :)
    Beijinho, Márcia*

    http://inthemoonlightshadow.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Como este país está uma pessoa tem é que se manter optimista e erguer a cabeça e seguir em frente :)
    Beijinhos*
    Treze Mundos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. como este país está, a pessoa tem é de sair daqui o mais rápido possivel ;p heheh brincadeira (mas sabemos bem que lá no fundinho é verdade.) enfim, obrigada pelo comentário cheio de optimismo...é necessário :) Beijinho

      Eliminar
  14. Tens mesmo que te animar e acreditar muito que vais conseguir. Vim aqui parar através de outro blog, Invejo-te numa coisa: moras em Viseu, cidade onde eu adorava morar. Já morei mas a vida trouxe-me para o sul. Não perco a esperança de voltar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, nasci aqui, depois saí e agora voltei ;p quem sabe não cá voltas!
      Obrigada pelo comentário Flor :D Beijinhos

      Eliminar
  15. é sempre bom não é? Este excerto é de um livro de Paul Theroux que estou a ler. Chama-se "Comboio Fantasma para o Oriente" :) Beijinho*

    ResponderEliminar
  16. eu optei pelo mestrado, mas estou a trabalhar também porque caso contrário seria muito difícil a nível de despesas. mas sim, está muito difícil. eu todos os dias recebo e-mails para estágios na minha área mando currículo e nunca obtenho resposta..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. quer estivesse mestrado ou a trabalhar, eu ia estar a trabalhar ou a tirar mestrado ;p (deu para entender?) o pior é que nem um nem outro aconteceram... principalmente a parte do trabalho :/

      Eliminar
  17. Que comentário tão simpático, muito obrigado ^^ Também te estou a seguir, fiquei super surpresa com o teu blog uma vez que é algo que não se encontra todos os dias!
    Nem tenho vontade de pensar nestas coisas ;_; (licenciada e com um mini part-part-time mal pago xD)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. oh obrigada! :)
      pois, ao menos tás com um mini part part time ;p eu nem isso heheh

      Eliminar
  18. Sinto muito pela situação em que estás. Não me atrevo a dar dica alguma, porque não entendo muito disso.
    Muita boa sorte!

    ResponderEliminar
  19. infelizmente portugal está mesmo sem grande futuro...

    ResponderEliminar