Update da Cisma #1

20:46

Pois é, desapareci durante uns dias.

Resumo do que se passou:
Terça fui para Viseu. Noite horrível. Estava sozinha e com muitos «macaquinhos» na cabeça, imaginei mil e uma doenças que podem estar relacionadas com o que eu tenho. Às sete da manhã lá fui para a cama e dormi até às 13. Nisto fui dar a volta pela cidade, inventei que precisava de gelado e fui ao mercado mais para estar rodeada de pessoas do que outra coisa. Volto para casa. Recebo telefonema da mãe e pronto, 'descamba' tudo. Eu ali a tentar fazer-me de forte a manter a rotina mas foi mais forte do que eu. Chorei, disse que não queria passar outra noite assim e voltei logo para casa. Dormi ontem cerca de 13 horas. Já não me sinto cansada, dormência parece que agora vai e vem mas fraca, mas as sensações na cabeça continuam e agora sinto como se uma dor de cabeça estivesse a chegar, aquela sensação de cabeça pesada. AAAAAH quando isto acaba??


Segunda vou então ao Hospital fazer exames de sangue e tudo mais o que me pedirem, e só espero que realmente seja tudo fruto da ansiedade e que nada esteja relacionada com nenhuma doença.


Entretanto estou a preparar uma série de posts mais positivos para levantar o astral do Blog :D

You Might Also Like

7 Comments

  1. Estás a dar demasiada força para esses sintomas... Quanto menos pensares e falares neles, menores eles ficam. Beijinho e as melhoras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ando a trabalhar para para isso, mas a fim de fazer um 'lay to rest' e começar tratamento , tenho de fazer uns exames para me tranquilizar e mentalizar que está tudo bem e que é tudo coisa da minha cabeço, entendes? :)

      Obrigada pelo apoio :) Beijinho*

      Eliminar
    2. Claro que entendo! Mas tens de te focar em coisas mais positivas ;) beijinho e as melhora rapidas

      Eliminar
  2. Sabes que a ansiedade consegue tornar sintomas leves em coisas completamente despropositadas. Na semana passada fui para Madrid em trabalho para um evento. Fui sozinha. Claro que também comecei a pensar demasiado: e se me acontecesse alguma coisa? Estou sozinha numa cidade sem ninguém a quem recorrer. E se me acontece algo durante a noite no hotel? Estou sozinha.. blá blá blá. Pensei: não estou sozinha. Estou rodeada de mil pessoas e basta um telefonema para alguém me encontrar :) Tens que acreditar em ti própria que é o que eu faço comigo, dia após dia...

    ResponderEliminar